Gastronomia Mineira

19 Janeiro 2017
Author :  

O Governo do Estado de Minas Gerais abriu edital para arrendamento de imóvel, implantação, gestão e operação da Casa da Gastronomia Mineira. 

 Interessados têm até 12 de janeiro de 2017 para apresentarem suas propostas. O projeto, desenvolvido em conjunto pela Codemig e pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur), busca estabelecer um espaço que promova a cultura gastronômica e a culinária mineira em toda a sua diversidade.

“A Casa da Gastronomia vai capitalizar o potencial do setor como indutor de desenvolvimento econômico e de diferencial turístico para o estado. Serão desenvolvidas atividades que valorizam toda a cadeia produtiva da gastronomia e também relacionadas à preservação de tradições culturais”, explica o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco. Ele aponta que o equipamento terá enfoque nos segmentos de café, queijo, aguardente de cana, doces e bebidas artesanais.

O novo espaço receberá atividades de promoção, divulgação e capacitação em gastronomia e culinária mineira, além de eventos, oficinas, cursos, exposições e demonstrações. Também será palco para apresentação de chefs e produtos e para debates, relacionamento e interação entre os profissionais da cadeia produtiva e consumidores, por exemplo.

O local contará ainda com um espaço expositivo da gastronomia mineira, servindo como ponto de divulgação e difusão da culinária de diversas regiões de Minas Gerais. O projeto vencedor envolverá, em caráter permanente, a Coordenadoria de Gastronomia da Secretaria de Estado de Turismo e será desenvolvido em consonância com iniciativa privada.

A Casa da Gastronomia será instalada na antiga Casa de Correção, no Barro Preto, região Centro-Sul de Belo Horizonte. O imóvel, que integra o Centro de Cultura Presidente Itamar Franco, foi completamente restaurado pela Codemig. O complexo também abriga a sede da Orquestra Filarmônica, a Sala de Concertos Minas Gerais e, em breve, as sedes da Rádio Inconfidência e da Rede Minas de Televisão.

O edital
A licitação será na modalidade “Concorrência” (melhor técnica). Poderão participar pessoas físicas e jurídicas consorciadas ou não, com ou sem fins lucrativos, desde que tenham em seus objetos sociais característica cultural e atuação na área de gastronomia.

Os interessados devem apresentar, conforme diretrizes do edital, proposta técnica (contendo plano de comunicação e marketing, plano de concepção de programação e curadoria e plano de negócios) e proposta comercial.

O edital está disponível para download no site www.codemig.com.br, na aba Licitações, ou clicando aqui. A licitação está agendada para 12 de janeiro de 2017, às 14h. Os pedidos de esclarecimento poderão ser enviados por e-mail para o endereço Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Minas de Todas as Artes
O fomento da Codemig à gastronomia integra o Minas de Todas as Artes – Programa Codemig de Incentivo à Indústria Criativa, lançado em agosto de 2015. A iniciativa inédita e estratégica busca fomentar o desenvolvimento de novos negócios que gerem empregos, renda e riquezas para o estado.

Até o fim de 2018 serão investidos mais de R$ 20 milhões em editais de fomento e fortalecimento, com iniciativas de valorização de setores como gastronomia, audiovisual, design, moda, música e novas mídias.

A Indústria Criativa constitui a cadeia produtiva composta pelos ciclos de criação, produção e distribuição de bens e serviços que usam criatividade e capital intelectual como insumos primários. Estima-se que haja mais de 250 mil empresas no Brasil na área da Indústria Criativa.

 

255 Views
Jornal AgroNegócio

Jornal AgroNegócio 12 anos.

Login to post comments
We use cookies to improve our website. By continuing to use this website, you are giving consent to cookies being used. More details…